A pílula anticoncepcional é o método contraceptivo mais utilizado no mundo. No Brasil, metade das mulheres – cerca de 61,6%, segundo o IBGE – são adeptas e a tomam regularmente para evitar uma gravidez. No entanto, em decorrência de alguma complicação, existem outros métodos tão eficazes quanto a pílula que a mulher pode adotar caso isso aconteça.